>

domingo, 9 de setembro de 2012

FÉ PARA MUDAR DE VIDA PARTE I


 FÉ PARA MUDAR DE VIDA PARTE I




Texto: Marcos 10: 46-52
 INTRODUÇÃO:
Temos aqui um homem cego, mendigo, sem perspectiva nenhuma na vida. Porém, Jesus passou em seu caminho e ele decidiu que não perderia a oportunidade de mudar de vida. Sua postura, sua atitude chamou a atenção do Senhor, que operou um milagre e o introduziu numa realidade que até então ele sequer sonhara. Nós, de certa forma, não somos diferentes de Bartimeu. Vivemos as nossas limitações até o dia em que descobrimos o mundo da fé. Mas é preciso lutar para que a fé não seja abafada. Vamos ver o que fez de Bartimeu um vencedor:

1. Ele identificou bem quem era Jesus e baseou sua busca na graça - vs. 47Perceba que Bartimeu não tratou Jesus como um profeta qualquer. Ao chamá-lo de Filho de Daví, ele estava reconhecendo que Jesus era o Messias, o rei que se assentaria no trono de Davi. Mais que isso, ele clamava por misericórdia. Sabia que não tinha nenhum mérito para ser abençoado, mas apelava para a graça de Deus... Hoje, muitas pessoas acreditam em Jesus, mas não sabem que realmente Ele é. Outras ficam longe da benção porque se aproximam de Deus com arrogância, exigindo ou cobrando a bênção

2. Foi insistente e perseverante – vs. 48 - Ele não permitiu que as pessoas o intimidassem em sua fé. Estava determinado a chamar a atenção do Senhor e não se importava com o que os outros pensavam ou falavam. Assim também nós, precisamos fazer da nossa fé uma decisão radical. Mesmo que soframos pressões de outras pessoas para não nos envolvermos com Cristo, precisamos perseverar, insistir.

3. Tomou uma decisão de mudança – vs. 49-50a – Ao ouvir o chamado de Jesus, Bartimeu já lança de si a capa de mendigo. Ele tinha certeza que seria curado e a cura o conduziria a uma nova posição na vida. E como a fé se antecipa, vê o milagre antes mesmo que ele aconteça, ele já assumiu uma nova postura jogando fora sua indumentária de pedinte... Essa é uma grande lição. Às vezes oramos a Deus, mas não damos passos de fé. Continuamos agindo como se nada fosse acontecer. E como a fé sem obras é morta, acabamos não provando a transformação.




Conclusão: Uma vida vitoriosa depende de decisões e atitudes corretas!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário